Logo Brazilian Car - SVG branco
O que eu devo fazer para comprar um carro.

O que eu devo fazer para comprar um carro.

Existe um ditado que diz: “Carro é o dono”.

Mas o que isso quer dizer? A resposta é simples.

Antes de comprar o carro, verifique o nível de cuidado em que o veículo se encontra. Afinal de contas, sua compra muito provavelmente é para resolver uma dor de cabeça sua, e não para criar uma.

Atenção à algumas questões básicas que podem te ajudar na hora da decisão:

  • O quanto os bancos estão sujos ou gastos;
  • Os pneus estão gastos de forma uniforme ou não;
  • O tanque encontra-se na reserva;
  • Como está a pintura, de modo geral;
  • As rodas e os pneus estão muito machucados;
  • As luzes do painel se apagam ou permanecem ligadas;
  • Os cintos de segurança estão cortados ou dobrados;
  • Há indícios de batidas;
  • O interior do veículo está sujo ou limpo.

Essas questões, entre outras, quando bem averiguadas, irão te ajudar na tomada de decisão, uma vez que você não está comprando um saco de pão.

Há outros dois pontos importantes a serem analisados, tanto para sua segurança, quanto por merecerem uma atenção especial. São eles: a vistoria cautelar e as revisões/mecânica.

Mas você deve estar se perguntando o que é essa tal de vistoria cautelar?

A vistoria, e o nome já diz, é um levantamento, uma avaliação geral do veículo, um check-up, na qual é feita uma extensa verificação, desde se houve colisões, como se já passou por leilão, e alguma outra informação que o dono anterior omitiu de você na hora da negociação.

São informações preciosas que servem para te ajudar, inclusive caso você tenha optado por financiar a compra do veículo.

Em relação à mecânica, a vistoria cautelar irá também te proporcionar uma visão sobre o assunto. Ainda assim, dê sempre aquela conferida no manual do proprietário para identificar as revisões já realizadas. E pergunte como ele utiliza o carro no dia a dia, pois isso pode te trazer pistas sobre o quanto o vendedor cuida ou não do veículo.

E, se possível, leve o carro em um mecânico de sua confiança.

Esse último conselho se aplica principalmente para você que irá realizar a compra diretamente de uma pessoa física. Caso seja de uma loja, normalmente já é fornecida a vistoria cautelar, assim como a garantia de 90 dias, a qual é obrigatória por lei.

Consequentemente, as garantias te deixarão mais tranquilo(a) na hora da decisão.

E vale ressaltar que não é porque o veículo era de uma “senhorinha”, e porque ela não rodava muito que isso te garantirá uma boa compra, pois carro que não anda, que não funciona muito, também quebra.

Busque um equilíbrio. Ninguém deseja comprar algo e o enviar para a manutenção pouco tempo depois.

Além dos pontos abordados, há um fator de compra que não deve ser deixado de lado – o fator felicidade. Sim, isso mesmo que você leu. FELICIDADE!

Imagine: você batalhou para juntar o valor necessário ou vai se “apertar” para pagar as parcelas e ainda assim o carro adquirido não está te trazendo felicidade, por mais que tudo esteja ok, pois, por exemplo, você queria na cor vermelho e te “empurraram” o branco, independente se a cor é melhor ou pior para uma futura revenda.

Recomendamos fervorosamente que, ao decidir comprar o seu veículo, seja para resolver um simples problema de mobilidade, seja porque a família está aumentando ou até mesmo porque você merece, confira sempre os quesitos citados acima.

Eles irão te ajudar não somente a reduzir a probabilidade de eventuais problemas, como irão te trazer segurança na hora da compra, e isso não tem preço.

E nós da Brazilian car, com mais de 30 anos de existência, com nota 4,6 no Google avaliações, entendemos que não é vender por vender e sim resolver seu problema, atender sua necessidade e deixa-lo FELIZ!

Autor:

Rafael Bitar

Outras postagens:

Nossos veículos

pt_BR